Marasme – De Llums I Ombers

coverDireto da Espanha, Marasme traz consigo seu belo trabalho intitulado “De Llums I Ombers” lançado no ano de 2014.

A agressividade vem direto do vocal, onde o mesmo busca além de fincar a tristeza, também a grosseria grotesca da melancolia. A sonoridade ecoada pela guitarra deixa ainda mais evidente o vazio ensurdecedor transmitido através do sentimentalismo musical.

Como de costume, a mixagem traz o clássico ”chiado” – mas convenhamos que isso é o que dá vida ao som da banda – e que também é envolvido pelo gutural arrastado – digamos assim -, o que agrega ainda mais no som desses espanhóis.

Com sete potentes faixas, com certeza, mais além será uma obra promissora no mundo musical.

A primeira faixa – “Metamorfosi de la Inèrcia” – começa de uma forma avassaladora, isso porque de um silêncio, pulamos para uma baita agitação, onde mesmo o vocal puxa com toda sua energia o poder megalomaníaco na qual a música quer passar.

A segunda e terceira faixa – “Cop de Gràcia” e “Endins” respectivamente – são boas musicas, ainda mais com o início que a primeira tem, dando uma sensação de leveza, porém, engana-se quem pensa dessa forma. Chamo atenção para a última – “Endins” -, pois essa sim nos leva à um mundo obscuro, e que nos deixa totalmente amedrontado. Reflexo da tristeza e insegurança do dia-a-dia. E mais uma vez, mesmo com esse drama todo, a música ainda consegue atrair uma gota de felicidade em meio à tanta melancolia. Logo, já dou meu devido destaque para esta canção. Foi a que mais me emocionou – todas as faixas são misteriosas – e inclusive me fez ouvi-la mais de duas vezes. A guitarra base arrasta um som demoníaco, enquanto que a guitarra solo traça uma beleza sonora, derrubando a negatividade da guitarra base, e em seguida um pausa em toda a barreira sonora, dando fim a música. Bela demais!

Da quarta faixa em diante – “Aquí les Ombres Mai no Arribaran”, “Absència”, “L’horitzó per Dest픓La Caiguda Dels Ídols” – a destruição toma conta. Mas ainda sim, a banda tem muito a evoluir. Um ótimo álbum, uma ótima sessão. Vale muito a pena investir nessa podridão – carinhosamente falando.

Marasme – De Llums I Ombers (Discos Macarras)

1. Metamorfosi De La Inèrcia
2. Cop De Gràcia
3. Endins (Instrumental)
4. Aquí Les Ombres Mai No Arribaran
5. Absència
6. L’horitzó Per Destí
7. La Caiguda Dels ídols

depress4

Contatos:
Discos Macarras
Marasme

Resenha por: Leonardo Reis

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s