HellLight – No God Above, No Devil Below

sp075-13Após o lançamento do álbum anterior, o excelente “…and Then, the Light of Consciousness Became Hell…”, muitos doomers mantiveram seus olhos e ouvidos atentos e aguardaram com certa ansiedade esse novo material dessa banda paulistana de Funeral Doom.

E após escutar inúmeras vezes esse álbum, algumas vezes sinto que fiquei sem palavras para descrever o que esse álbum passa e abaixo fiz um faixa a faixa sobre ele.

O álbum abre com uma pequena peça intitulada apenas de “Intro”, que vem preparando para a faixa títuto “No God Above, No Devil Below”. Esta foi a primeira faixa lançada para audição do álbum, poucos dias antes de seu lançamento oficial. Nela encontramos excelentes melodias e algumas passagens fúnebres e o destaque fica para o refrão da música, onde o vocalista Fabio de Paula, investe nos vocais limpos (fortemente influenciados por Dio) e após a primeira execução dela, o ouvinte já cantarola junto.

Em seguida temos a também excelente “Shades of Black”, e se o clima já estava pesado na faixa anterior, com essa música que o mundo vem abaixo. Uma puta faixa depreciativa e logo em seus primeiros acordes nos levam a introspecção.

Indo adiante temos a menor faixa do álbum, “Unsacred”, com pouco mais de 8 minutos, e em sua execução ela me lembra o clima do álbum Funeral Doom, lançado em 2008. Apesar do andamento lento da faixa como um todo, ela me pareceu pouca coisa mais rápida que as duas anteriores e nela podemos destacar novamente os vocais de Fábio e o grandioso solo de guitarra executado por ele também.

“Legacy of Soul” começa com um clima de teclado, seguido pelo baixo marcado de Alexandre e a bateria de Phil, enquanto Fábio sussurra as primeiras palavras. Essa é uma faixa repleta de melodia e mantém aquele sentimento funesto tão característico no som da banda.

“Path of Sorrow” começa com uma áurea negra e uma densa atmosfera. Os vocais guturais de Fábio, ecoam dentro da mente do moribundo, hipnotizando e deixando-o em estado catatônico e a única vontade que temos é de aguardar o próximo acorde. Nos minutos finais a música apresenta uma pequena mudança em seu andamento, abrindo caminho para mais um solo de guitarra que nos guia até o final dela.

“Beneath the Lies” mantém o espírito negro da faixa anterior e em meio a sua vastidão, o depressivo tem sua vida passada diante seus olhos, trazendo consigo uma introspecção e um sentimento de culpa inexplicável.

E para fechar esse ciclo depressivo, temos a faixa “The Ordinary Eyes”. Seu belo início, levado aos acordes de piano e o baixo marcado, vêm preparando o cortejo fúnebre para que o ouvinte possa morrer em paz e se deixar levar por essas tristes melodias até o término do álbum.

 

HellLight – No God Above, No Devil Below (Solitude Prod)

1. Intro

2. No God Above, No Devil Below

3. Shades Of Black

4. Unsacred

5. Legacy Of Soul

6. Path Of Sorrow

7. Beneath The Lies

8. The Ordinary Eyes

 

depress5

 

 

Contatos:
Bandcamp
Facebook
Solitude Prod

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s