Mythological Cold Towers – Dordrecht Doom Day 12/05/2012

Texto e fotos: Steve Whytock
Trad. livre: Rodrigo Bueno

 

Pela primeira vez na Europa e em um palco holandês, pudemos finalmente dar as boas-vindas, com muita antecipação ao Mythological Cold Towers do Brasil.

Tem sido uma longa jornada para todos os fãs europeus destes mestres do doom/death e eu, pelo menos, estava ansioso para este show.

Como a faixa de abertura “In The Forgotten Melancholic Waves Of the Eternal Sea” do álbum de estréia Sphere Of Nebaddon foi iniciado o set, era óbvio que o cara do PA ainda precisava fazer um pequeno ajuste, mas durante a “Race The Fallen” isso (o “problema técnico”) foi superado e o tom foi estabelecido para uma noite soberba de doom metal melancólico e melódico.

O vocalista Samej estava em boa forma,  grunhindo profundamente o seu caminho através de uma memorável versão de “The Shrines Of Ibez”, chamando a multidão mais perto do palco e agarrando a sua atenção pelo restante da noite.

Como era de se esperar, a ênfase foi no último álbum da banda “Imemorial” e com “Akakor” a próxima do setlist, com um papel proeminente para tecladista Hécate (Miasthenia) e as melodias sedutoras e riffs assustadores dos guitarristas Nechron e Shammash, um destaque foi alcançado, assim como, o público foi levado em uma viagem para outro mundo. Que uma obra-prima!

Até agora os espectadores estavam totalmente nas mãos da banda e depois de “Like An Ode Forged In Immemorial Eras” senti subir um frio pela espinha na faixa título “imemorial”, em que a beleza e a tristeza foram de mãos dadas, a banda não poderia ter feito melhor.

Em seguida foi a faixa de abertura do último álbum, “The Lost Path To Ma-Noa”, em que a banda “aumentou” um pouco o ritmo e os fãs foram bater cabeça durante a execução dela.

Com “Contemplating The Brandish Of The Torches” do álbum Remoti Hymni Meridiani, infelizmente veio o fim para uma noite inesquecível do doom/death metal clássico e sem dúvida, a cena metal brasileira tem um novo destaque. Apenas uma nota “negativa” que eu poderia falar e é uma questão pessoal, é que o minha faixa favorita “Enter The Halls Of Petrous Power” não foi tocada, mas hey, depois de um show como este eu não vou reclamar!

Para todos aqueles que faltaram, eu convido vocês a ver esta incrível banda quando eles vierem novamente no próximo ano, e esperemos que mais datas para vocês possam testemunhar esta banda ao vivo.

Nos vemos lá!

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s