Entrevista: Evadne

No início de dezembro entrei em contato com esses espanhóis para saber mais a respeito dessa fantástica banda, onde nos deram mais à respeito do novo álbum “The Shortest Way”, sobre a cena doom espanhola, downloads “ilegais”.

 

1. Já se passaram quatro anos desde o lançamento de “The 13th Condition”. Faça-nos um retrospecto desses anos até a gravação de “The Shortest Way”.
Josan: Bem, a verdade que foram quatro anos com sentimentos amargos, em todo este tempo a formação teve várias mudanças. Enquanto, estivemos trabalhado duro para dar vida a este novo trabalho e tocar em grandes concertos / festivais.

 

Joan: Eu entrei na Evadne quando a banda começou a produzir este novo álbum e eu vivi de perto o sentimento de um projeto musical sério e os problemas que podem surgir. Tem sido quatro anos de grandes momentos / maus, e depois de muita pedras na estrada, nós conseguimos nosso objetivo.

 

 

2. Pelo teaser que pude ouvir, The Shortest Way tem uma atmosfera mais entristecida em relação ao debut. Seria isso um reflexo da situação difícil que a banda passou nesses anos anteriores?
Josan: Eu acho que embora nos últimos anos temos tomado decisões difíceis no âmbito pessoal e musical. O novo trabalho é um passo na evolução da banda.

 

Joan: Eu tenho sido capaz de viver a mudança progressiva da banda, porque no passado, eu era um “fã do Evadne” e sou atualmente o baterista, tenho testemunhado uma grande evolução e continua em ‘crescendo’. É muito natural e normal.
(Nota do tradutor: Crescendo: da escala musical, palavra que demonstra a alteração da dinâmica, tornar-se mais forte. Usado como trocadilho para crescendo, do verbo crescer.)

 

3. Um fato marcante no debut foram os duetos de vocais, visto que vocês tinham um membro feminino na banda. Nesse novo material vocês decidiram manter alguns vocais femininos? E ao vivo como são executados essas faixas?
Josan: Hoje, ela não é um membro da banda, é apenas uma colaboração de Lady Nott (Narsillion) a quem somos gratos por seu trabalho duro. Em “The Shortest Way” há apenas um pequeno momento com vocais femininos limpos, mas de uma forma mais fria e atmosférica.

 

Joan: É apenas um momento exato, um toque de ‘cinza e frio’ musicalmente / liricamente em que precisávamos de uma voz feminina.

 

4. E já encontraram algum selo que esteja disposto a lançá-lo ou ainda estão em negociação?
Josan: Não, neste momento estamos com o álbum promo, as gravadoras não é algo que preocupe muito agora, se eles oferecem uma boa proposta, nós iremos pensar sobre a negociação, ou então iremos auto-produzir como o trabalhos anteriores.

 

5. Qual música você acha que melhor representa o Evadne hoje?
Joan: Todos têm a essência da Evadne mas se temos que escolher: “One Last Dress for One Last Journey”.

 

 

6. O que você acha da internet, e seu fácil acesso à informação, já que pessoas que estão começando no Doom podem encontrar disponível para download os álbuns, demos e até mesmo materiais que sequer foram lançados ainda?
Josan: Eu acho que a Internet é uma ótima ferramenta para fazer propaganda de hoje, especialmente se você é um pequeno grupo, pouco conhecido mundialmente como Evadne. Em termos de downloads é algo que todas as bandas estão expostas, para melhor ou para pior.

 

Joan: A Internet é necessária, é a arma mais poderosa de divulgação, não importa que o álbum está em muitos lugares para fazer o download, queremos expandir a música e nosso público. Além disso, se você gosta de ter o formato original (CD, vinil, etc) e o trabalho em sua essência natural, mais cedo ou mais mais tarde você vai comprar o álbum.
Eu faço isso com a música que eu escuto (e antes, eu tenho baixado). Eu faço e não vejo problema ou uma contradição, apenas tenho um conceito ético e claro.

 

7. Como anda a cena metálica espanhola, especialmente a doom metal? E qual banda você destacaria?
Josan: Seria necessário mais apoio da mídia, é um gênero subestimado em comparação com outros estilos. Gostaria de mencionar bandas como: Helevorn, Autumnal e In Loving Memory …. só para citar alguns.

 

Joan: Na Espanha há muitas pessoas que escutam “Doom”, há apenas um problema: A imprensa. As pessoas precisam de promoção de música real, e na Espanha há muita atenção sobre as mesmas bandas sempre, no mesmo estilo, como sempre.
O metal extremo está fazendo um pequeno buraco na cena porque o público que adora esses gêneros minimalista estão cansados de que a mídia não dá atenção suficiente e subestimam o grande número de bandas boas no metal extremo. Na “cena underground extrema” o público / fãs são freqüentemente nossa mídia.

 

8. Qual o seu playlist atual?
Josan: Existem muitas bandas que eu escuto, mas cito algumas (básicas influências): Swallow The Sun, Daylight Dies, My Dying Bride, Katatonia, a última obra do Paradise Lost, e muitos mais, como eu disse, eu escuto muitas outras bandas.

 

Joan: Estou constantemente ouvindo / buscando e trocando de bandas com amigos de outros países e membros da “Evadne”. Minha última e bem sucedida descobertas em “Doom” este ano: Akelei (NL), Year of No Light (FRA), Shattered Hope (GRC), Lethian Dreams (FRA), Eye of Solitude (UK).

 

9. Agradeço pela entrevista e gostaria que deixasse sua última mensagem para os leitores do Funeral Wedding.
Josan: Muito obrigado pela entrevista, dando-nos a oportunidade de mostrar-nos ao mundo em sua página. Para os leitores, obrigado por tomar seu precioso tempo para ler esta entrevista.

 

Joan: Primeiro eu quero te agradecer pela entrevista e para os leitores, fica aqui! Não parem de ouvir por um segundo sequer de sua vida esta música maravilhosa e profunda. O nosso caminho está condenado. (Our way is doomed).

 

Photos:
Promotion
AngelPolo

 

Contact:
www.evadne.es
www.facebook.com/pages/Evadne/160492491642 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s