Entrevista: HellLight

Nos meados do mês passado entrei em contato com esse simpático/competente músico que nos deu uma visão maior do que é o HellLight, sobre como está a aceitação do álbum ‘… and Then, the Light of Consciousness Became Hell’ que foi lançado pelo selo russo Solitude Prod, sobre o álbum de versões que foi recentemente disponibilizado no site da banda, sobre o que poderá vir em seu primeiro DVD à ser gravado além de outros assuntos.

 

1. Já passado alguns meses do lançamento de … and Then, the Light of Consciousness Became Hell, já conseguem ter uma idéia da receptividade do álbum?
Fábio de Paula – Ah sim, a receptividade foi muito boa, até melhor do que esperávamos…uma vez que o álbum só foi oficialmente lançado na Europa.. e também porque Doom Metal nunca foi muito popular aqui no Brasil; acredito que estamos conseguindo “abrir caminho” aqui no nosso país.

 

2. Na faixa de abertura The Light That Brought Darkness, na parte final da música, há uma pequena pausa, a guitarra toca uns riffs e logo entra toda a banda. Essa parte especificamente me trouxe a mente a mesma idéia da faixa Blood and Iron do Bathory. Foi algo pensado ou simplesmente aconteceu naturalmente?
Fábio de Paula – Aconteceu naturalmente, mas sem dúvida nenhuma, as influências existem e são muito fortes… Pra falar a verdade, eu acho muito positivo quando somos comparados a bandas que fazem parte das nossas influências, mas não, não foi nada pensado.

 

3. Os vocais limpos, além de muito bem encaixados e executados, e acabei notando uma influência de Dio neles. Seria correta essa afirmação?
Fábio de Paula – Seria corretíssima (risos), é uma grande honra ouvir isso..pois o Ronnie Dio sempre foi uma inspiração muito grande para mim, acho que ele é um grande exemplo de músico e de pessoa… a morte dele foi, sem dúvida, uma perda muito grande para o Metal.

 

4. Esse ep com versões intitulado The Light That Brought Darkness será dividido em duas parte, a primeira com a faixa homônima e a segunda com as versões. Essa musica é a mesma que apareceu em seu mais recente disco, ou foi regravada/acrescentada algum novo arranjo?
Fábio de Paula – Sim, é a mesma faixa..na realidade, esse EP foi feito para tentar mostrar o que é o Doom Metal para as pessoas que não conhecem e a melhor forma que eu encontrei de fazer isso foi regravando clássicos do rock e metal com a roupagem do HellLight, acho que está funcionando bem, pois muitas pessoas que nunca ouviram Doom estão tendo contato atravéz de músicas que elas já gostavam… e automaticamente já conhecem o HellLight e uma música do último álbum.

 

5. E como se deu a escolha para essas versões e o porque dessa escolha?
Fábio de Paula – Nós nos reunimos e escolhemos músicas que gostamos, cada um veio com algumas idéias, nós demos uma filtrada e selecionamos as que mais se encaixavam no perfil do projeto…Eu particularmente escolhi algumas como: How the gods kill (Danzig), Heaven and Hell (Black Sabbath) e Hey Hey My My (Neil Young)…pois são músicas que eu sempre gostei e sempre tive vontade de regravá-las.

 

6. O Helllight está preparando a gravação de seu primeiro DVD, como está os preparativos? Haverá algumas imagens extras de gravação, algum vídeo promocional? O que vocês já podem nos adiantar?
Fábio de Paula – A princípio será o show que nós faremos no Blackmore no dia 4 de Dezembro…mas com certeza terão cenas de bastidores, algumas entrevistas e acredito que dê tempo de colocar o vídeo clipe que faremos para a música “the light that brought darkness”…será um DVD bem completo e para quem curte o estilo, muito Doom Metal..

 

7. Recentemente o baterista Roberto foi recrutado à banda. Como se deu esse convite e o que ele já acrescentou para a banda nesse pequeno período?
Fábio de Paula – O Roberto se juntou á banda recentemente, mas com certeza trouxe muitas idéias novas e também muita qualidade e técnica para a bateria..ele é um excelente músico e muito criativo também…Quem toca Doom Metal sabe que a bateria é sempre um item complicado, pois ao contrário do que se pensa normalmente, tocar músicas lentas exige muito mais do baterista do que as músicas rápidas…nós já tivemos bateristas muito bons que não conseguiram se adaptar direito ao estilo.

 

8. Sabendo que aqui no sul do país existem alguns festivais voltados ao estilo, vocês já receberam algum convite para tocar por aqui?
Fábio de Paula – Infelizmente ainda não, estamos ansiosos para que aconteça, mas ainda não rolou.

 

9. E como está o cenário doom metal aí em São Paulo?
Fábio de Paula – Infelizmente o cenário Doom aqui em São Paulo é muito parecido com o cenário do Doom no resto do país (com excessão do sul), ou seja, inexistente (risos) …a solução que nós encontramos é fazermos nós mesmos…tentamos, sempre que possível, armar algum festival…felizmente temos a possibilidade de abrir alguns shows de bandas internacionais de vez em quando… que é uma ótima oportunidade de mostrar ao pessoal o que é o Doom Metal.

 

10. Cite 5 álbuns essenciais do doom metal que você considera.
1- Wildhoney (Tiamat)
2- like gods of the Sun (My Dying Bride)
3- The Devil you know (Heaven and Hell)
4- Candlemass (Ancient Dreams)
5- Empyrium (A wintersunset..)

 

11. Agradeço pela entrevista e gostaria que deixasse suas últimas palavras para os leitores do Funeral Wedding.
Fábio de Paula – Eu que agradeço a oportunidade de mostrar um pouco do trabalho que faço no HellLight, eu sei que no nosso país, o “mercado” desse estilo é muito restrito..porém, muito fiel também..eu agradeço muito pelo apoio que nós recebemos do nossos fãs e também da mídia especializada.. contem conosco para que a bandeira do Doom Metal continue hasteada nesse país, nós não deixaremos esse estilo tão importante morrer, jamais.

 

Photos: Carolina Pucci

 

Contatos:
www.helllight-doom.com/
http://metalmedia.com.br/helllight/index.php
https://www.facebook.com/pages/HellLight-Doom-Metal/137602556285696
http://solitude-prod.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s